Um fim de semana no Refúgio Kalapalo

Bike Trilhas

Algum tempo atrás recebemos um convite de conhecer o Refúgio Kalapalo, localizado em Gonçalves, Minas Gerais. O convite foi feito pelo Guilherme Cavallari, dono do refúgio, fundador da editora Kalapalo e autor de inúmeros livros sobre trekking e cicloturismo, como por exemplo “Guia de Trilhas Trekking (2008)“, “Manual de Trekking & Aventura (2008)” e “Manual de Mountain Bike & Cicloturismo (2012)“. Apresentações a parte, se você pratica esportes de aventura e não o conhece, comece a pesquisar meu amigo.

O intuito do convite, além de nos apresentar o refúgio que também é uma escola de aventura, onde oferece cursos de trekking, mountain bike/cicloturismo, uso de GPS e primeiro socorros, era promover uma espécie de encontro de blogs de aventura para um bate papo na montanha. O encontro ficou bem balanceado com pessoas do mundo de trekking/montanhismo e o pessoal do cicloturismo, o que gerou muita troca de informação legal entre os “dois mundos”

O encontro rolou agora no último fim de semana (19,20 e 21 de junho) e estavam presentes no Refúgio, a Luiza (FuiAcampar), a Gisely (A Montanhista), a Eliana e o Rodrigo (Clube de Cicloturismo), o Mario (Trekking Brasil), o Palmieri (Kampa), o Keisuke (Blog Outdoor), o Rafael (Seu Mochilão) , o André (Até onde deu para ir de bicicleta) , o Fábio (Pedal Nativo) , o Marcos (Bike Magazine) e eu aqui do Fé no Pé.

Foto: Guilherme Cavallari
Foto: Guilherme Cavallari

Chegamos na sexta-feira de noite e fomos recebidos com uma sopa quentinha preparada pela Adriana Braga, esposa do Cavallari, depois da sopa rolou muito bate papo até tarde da noite.

No sábado 7:00h todo mundo de pé para o café da manhã também preparado pela Adriana, aliás todas as refeições foram divinas rsrsrs. Após o café o Cavallari nos apresentou o refúgio e começamos o dia com um bate papo de apresentação já que muitos ali só se conheciam pela internet.

Refugio_Kalapalo_002

O plano para a tarde era subir a Pedra Bonita, o ponto mais alto da região com 2.100m de altitude e ai mesmo quem pedala, caiu na trilha a pé. O cume da Pedra Bonita oferece uma visão panorâmica muito bonita da Serra da Mantiqueira, vale muito a pena.

Refugio_Kalapalo_003

Refugio_Kalapalo_004

Na volta ao refúgio, um café da tarde, mais bate papo e logo após a janta, uma cessão de cinema para a apresentação do documentário Transpatagônia, que mostra como foram os seis meses de mountain bike e trekking do Cavallari por toda a extensão da Patagônia e da Terra do Fogo.

Refugio_Kalapalo_005

No domingo foi dia de separar o pessoal, quem pedala seguiu o Cavallari por uma trilha de 14 km de bike e quem faz trekking subiu até um mirante de frente para a Pedra do Baú por uma estradinha de terra com 10 km ida e volta.

Refugio_Kalapalo_006
Foto: Guilherme Cavallari
Refugio_Kalapalo_007
Visão do mirante

No retorno das atividades uma feijoada vegana para fechar o encontro e o Cavallari nos presenteou com seu novo livro “Transpatagônia – Pumas não comem ciclistas

Refugio_Kalapalo_008Esse foi um fim de semana muito especial, onde pude conhecer pessoas que admiro e pude conhecer esse lugar encantador que é o Refúgio Kalapalo, se você esta afim de um lugar aconchegante na Serra da Mantiqueira e um pouco de aventura, vale muito a pena conhecer.

Tiago
Tiago
Paulistano, formado em Administração, geek profissional , sócio proprietário de uma empresa de desenvolvimento de software, protótipo de atleta, trekker, montanhista, mochileiro, amante de natureza e outras coisinhas mais :-)

2 thoughts on “Um fim de semana no Refúgio Kalapalo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.